Micro e pequenas empresas criam mais 961 mil empregos neste 1º semestre

(Foto: Pexels)

As micro e pequenas empresas seguem sustentando a geração de novos postos de trabalho no Brasil.  De acordo com análise do Sebrae, feita a partir de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), no primeiro semestre deste ano as MPE foram responsáveis por 961,9 mil vagas de emprego.

Esse aumento é equivalente a 72,1% do total, enquanto as médias e grandes responderam por pouco mais de 279,8 mil (21%). O quadro é semelhante ao resultado registrado no primeiro semestre de 2021, quando os pequenos negócios geraram 7 em cada 10 vagas.

fico
rpb-1
PM Fortaleza1

No acumulado dos seis primeiros meses de 2022, segundo o levantamento do Sebrae, as MPE do setor de Serviços continuaram sendo a principal força geradora de postos de trabalho do país, superando a marca de 533 mil contratações. 

Os setores de Construção e Indústria da Transformação seguem em segunda e terceira posições, com 168,8 mil e 126,3 mil empregos gerados respectivamente. Em todos os setores, as micro e pequenas empresas apresentaram saldo positivo no período, inclusive no Comércio, que foi o único com saldo negativo entre as médias e grandes. Enquanto as MPE criaram 90.6 mil novos postos, as MGE encerraram 42,8 mil vagas.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui