Mercado Livre tem prejuízo de quase US$ 10 milhões após queda do Bitcoin

A operação brasileira foi apontada como destaque nas vendas da empresa, mostrando crescimento de 84% em moeda constante.
(Foto: Internet)

O Mercado Livre divulgou que teve um prejuízo de aproximadamente US$ 10 milhões com tesouraria referente ao segundo trimestre de 2022. De acordo com o vice-presidente sênior de estratégia do Mercado Livre, André Chaves, as perdas se deram por conta da desvalorização do Bitcoin (BTC) no período.

Segundo publicação da InfoMoney, a empresa comprou US$ 7,8 milhões na criptomoeda no primeiro trimestre de 2021 como parte de estratégia de diversificação de carteira. Na época, as moedas valiam cerca de R$ 40,9 milhões. No balanço divulgado, foi registrada perda de US$ 11 milhões em ativos digitais relativos aos primeiros seis meses deste ano.

fico
rpb-1
PM Fortaleza1

Mesmo após o resultado negativo, Chaves afirmou que nada muda nos planos do Mercado Livre com relação à oferta de criptomoedas na plataforma Mercado Pago. “Estamos confortáveis com nossa estratégia com oferta de criptomoedas a clientes, mesmo no atual cenário”, afirmou o executivo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui