Mulheres ocupam espaço em conselhos, mas nível ainda está abaixo de 20%

A quantidade de mulheres nas diretorias das companhias e à frente de grandes negócios vem crescendo de forma constante. O percentual de mulheres nos conselhos passou de 13% em 2020 para 16% em 2021, de acordo com o Estudo de Conselhos de Administração 2021, feito pela Korn Ferry, empresa global de consultoria organizacional.

Se for considerado apenas os conselheiros independentes, a participação de mulheres é maior: 21%, nível que em 2020 era de 18%. Os principais setores que contam com a presença feminina são os de bens de consumo (21%), infraestrutura/utilities (21%) e tecnologia/comunicação (20%). 

fico
rpb-1
PM Fortaleza1

De acordo com publicação da EXAME, uma evolução similar é a presença feminina como C-level, que aumentou de 14% para 18% no mesmo período. 

“As empresas estão percebendo que precisam mostrar para a sociedade, para os investidores, que estão tendo um olhar mais atento para as questões de diversidade, avançando nessa pauta de forma efetiva. Os comitês de governança das companhias têm cobrado isso e os investidores, mesmo que não estejam ativamente cobrando, estão perguntando sobre o tema. As empresas estão construindo ações importantes de diversidade e o conselho tem que dar o exemplo”, diz Jorge Maluf, sócio sênior da Korn Ferry.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui