Diretor da Caixa é encontrado morto na sede do banco, em Brasília

O pagamento foi finalizado pelo banco com mais de 30 dias de antecedência do prazo legal. (Foto: Bento Viana/Divulgação)

O diretor de Controles Internos e Integridade da Caixa Econômica Federal, Sérgio Ricardo Faustino Batista, foi encontrado morto na sede do banco, em Brasília. O corpo foi encontrado na noite de terça-feira (19) por um vigilante.

Batista era funcionário de carreira da Caixa – entrou para o banco em 1989 – e antes de assumir o cargo atual, também foi um dos assessores estratégicos do ex-presidente da Caixa Pedro Guimarães.

fico
rpb-1
PM Fortaleza1

Batista, que tinha 54 anos, assumiu a Diretoria de Controles Internos por processo seletivo em março de 2022. Esta mesma diretoria foi a responsável por receber as denúncias de assédio sexual contra o ex-presidente da Caixa Pedro Guimarães. Além de investigar condutas de cunho sexual, a diretoria também estava apurando casos de abuso de poder, discriminação, corrupção, lavagem de dinheiro e nepotismo.

Em nota, a Caixa lamentou a morte e afirmou que está contribuindo na investigação do caso.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui