Imagem: Pompeu Vasconcelos / Arquivo Pessoal

Nossa diretora de redação, Mônika Vieira, entrevista Pompeu Vasconcelos. Engenheiro civil, jornalista, empresário e fundador do Grupo In Comunicação, Pompeu é um dos nomes mais conhecidos da comunicação cearense. Responsável pela criação do antigo portal Balada In, hoje nomeado de Portal In, e das revistas In Connection e Insider. Na entrevista, ele fala sobre sua trajetória, os novos desafios e sua eleição a comodoro do Iate Clube Fortaleza, Clube Esportivo com grande dedicação social e cultural.

Confira a entrevista:

fico
rpb-1
PM Fortaleza1

MV: Como começou sua história?

PV: Eu sou filho de um médico, o Dr. Pompeu Vasconcelos, e de uma poetisa, Fernanda Benevides. Tenho 54 anos, sou engenheiro civil, jornalista e empresário e fundador do grupo Indi comunicação. Na comunicação, comecei na Tv União onde fui diretor superintendente da emissora. Já fui convidado, em 2005, pela dona Luciana Dummar a escrever uma coluna no Jornal O Povo. Nesse mesmo ano, criei o portal Balada In, atualmente conhecido Portal In.

Após dois anos, fui convidado pelo saudoso Chanceler Airton Queiroz para o Diário do Nordeste onde, durante 10 anos, fui colunista no caderno Zoeira e na revista Gente. Em 2011, eu criei a revista Balada In, que hoje se chama In Connection, uma revista trimestral, impressa e digital.  E, durante a pandemia, em 2020, criei  a revista semanal e digital Insider.

MV: Balada In. O que representa para você e como hoje está posicionado?

PV: O portal In, é fruto do crescimento do nosso trabalho. O portal não se limita a colunismo social, já atua em diversas áreas: negócios, política, economia, lifestyle, viagens e variedades. Nós temos mais de 10 milhões de usuários que já acessaram nossa página. Tendo mensalmente, um número de leitores de 95.600 usuários únicos acessaram o portal In em maio de 2022, segundo dados do Google Analytics.

Dentro do portal, além de notícias, você encontra as duas publicações que realizamos: as revistas In Connection e Insider. Além da revista Insider, criada no primeiro ano de pandemia, também desenvolvemos a Rede Nordeste Unido para apoiar as vítimas que sofriam as consequências da pandemia, tentando ajudar através das nossas notícias e do relacionamento que temos com o mercado. Nesta ação, temos conosco o portal Alô Bahia e pela colunista Roberta Jungmann, em Pernambuco. Recentemente, também fizemos uma parceria com a jornalista Lia de Norá, do jornal de Brasília, que também faz ecoar as notícias do planalto central. 

MV: Na sua visão, quem é Pompeu hoje no cenário social e empresarial? 

PV: Ter bons relacionamentos talvez seja meu maior ativo juntamente com a credibilidade. Isso vem desde uma base familiar sólida e educacional. Venho de família tradicional, por parte da minha mãe ligados à política, a família Benevides. Já a do meu pai, ligada ao algodão e ao ouro. E de lá para cá, meu pai se tornou um grande empresário. Tivemos uma construtora, que chegou a ser a 14ª construtora do País, espalhada por 13 estados e o distrito federal. Isso me deu uma visão de mundo desde muito cedo, então sempre tive esse olhar empresarial. Desde os meus 18 anos, atuo como empresário, já fui dono de agência de turismo, construtoras e hoje me orgulho muito das duas empresas que formei. 

O relacionamento político e empresarial dessas empresas também faz toda a diferença, já que atuamos com muita dedicação nessa área.  Com a retomada dos negócios, com a economia pulsando novamente graças ao fim da pandemia, as empresas e pessoas estão buscando se reencontrar. E é nesse contexto, que os eventos estão voltando com tudo. Essa é uma área que definimos e fazemos bem através dos nossos mailing, network, com eventos realizados ou idealizados  por nós. 

MV: Próximos desafios, candidato a comodoro de um dos maiores clubes do nordeste. Por que?

Quanto ao próximo desafio, esse talvez seja o maior desafio que vou enfrentar. Estou disputando a eleição no Iate Clube, na Chapa 1, com nomes de peso na nossa sociedade: Evaldo Nogueira, Luciano Cavalcante, Júlio Ventura, Manoel Cardoso Linhares. São muitas personalidades de todas as áreas e estar nessa jornada é incrível.  

Tenho pelo Iate Clube uma relação afetiva muito grande. Meu pai era sócio e quando eu fiz 16 anos, ele me deu a ação dele. Desde criancinha eu frequento o clube. Tenho a lembrança dos meus pais irem lá e me colocarem para dormir nas cadeirinhas enquanto terminavam o jantar. Era um clube pequeno na época e que foi crescendo com o passar dos anos e tendo ótimos comodoros a frente.

O que acontece é que esses comodoros, às vezes, passam muitos anos e as coisas não vão continuando com o mesmo pique do início. Portanto, um grupo de sócios que querem ver o clube avançar mais e desejam implementar melhorias, está se candidatando. Buscamos algo mais exclusivo, com mais qualidade e inspirado no que há de melhor do mundo. Inspirados em beach clubs europeus, nos melhores iates clubes do Brasil. A minha visão é buscar inspiração nos lugares que a gente já conhece pelo mundo: Croácia e Saint Tropez, por exemplo. Destinar o espaço a um público mais seleto, exclusivo, para associados e convidados. E que, caso seja um day use, seja algo conivente com o padrão do clube.

Desejamos uma gestão compartilhada, com os membros da chapa e com a diretoria que vai ser formada por pessoas que realmente queiram o melhor para o clube. Buscaremos eventos de alto padrão,  alugar o clube a eventos ligados à Náutica, valorizar o Hangar. Essas são algumas das nossas propostas e além dessas, desejamos buscar sempre pela qualificação das pessoas, da cozinha, do equipamento e sobretudo da vocação máxima do clube que é pela Náutica.  Nós temos uma das vistas mais bonitas do Ceará, um verdadeiro cartão postal, e tudo isso pode ser explorado de uma maneira a levar qualidade, amplificar o relacionamento com marcas, sócios e empresas. 

O objetivo é o Iate Clube voltar a brilhar e atrair muitos negócios. Claro, sem esquecer a vocação do clube e sempre focando na importância do momento do sócio, da qualidade do serviço e dos atrativos. 

Se nossa chapa for eleita, vamos ouvir o sócio. O diálogo será um ponto constante na nossa gestão, diálogo com os sócios, com a diretoria, o conselho, e as decisões serão tomadas em conjunto. Não será o Iate do eu, será o Iate do Nós!

MV: Um olhar sobre o Economic News por Pompeu Vasconcelos.

PV: O Economic News é uma plataforma fantástica que impacta cada vez mais as pessoas ao redor do nosso País. Foi uma grande sacada do Jackson Pereira Jr., e ele vem conquistando um espaço importante desse segmento crescente que é o setor da comunicação, já que faz um trabalho competente e sério. Não é à toa que nós estamos concedendo a você essa entrevista, Mônika. Parabéns pela sua chegada da Economic News, tenho certeza que junto a equipe do portal haverá muitos êxitos, e certamente fará com que o Economic News esteja cada vez mais alto no conceito e no alcance em Fortaleza, Brasil e mundo. Porque o digital é isso, você alcança o mundo.

 

Nossa diretora de redação, Mônika Vieira, realiza a entrevista especial Um Olhar Sobre as Profissões todos os domingos.

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui