Os 4 principais desafios do integrador de TI na Transformação Digital

*Artigo de opinião por Sylvio Luiz Herbst

Podemos definir transformação digital como “o uso da tecnologia digital para que os processos se tornem mais ágeis e consigam entregar maior eficiência”. E, de fato esse conceito ganhou um peso ainda maior, durante e agora, pós pandemia da COVID-19. Nunca o relacionamento entre as pessoas foi tão importante e valorizado. A pandemia provocou uma verdadeira revolução no relacionamento entre companhias e pessoas e o foco nos desejos do consumidor ganhou protagonismo absoluto.

FIEC
fico
rpb-1

Mas, e o integrador? Quais são os seus principais desafios nesse cenário de transformação digital?

1. Executar uma estratégia de crescimento assertiva

O setor de serviços de TI vem experimentando uma recuperação gradativa. A Forrester divulgou recentemente um relatório detalhando os aspectos de crescimento mais rápido do mercado global de tecnologia, com software e serviços de TI previstos para mostrar os maiores ganhos no próximo ano. De acordo com as previsões da Forrester, o software crescerá 10,5% em 2022 e os serviços de TI deverão ter um aumento de 6,8%. 

2. Como se manter competitivo?

É um momento propício para ampliar o portfólio com novas ofertas de serviços. O que vem pela frente em relação as exigências de transformação digital futuras, requer diferenciais de clientes cada vez mais exigentes. Nunca, SERVIR, foi tão importante e isso engloba estar pronto para discutir estratégias de negócios e oferecer mais conhecimento em relação a experiência do cliente. Os CIOs querem e precisam de visão comercial + tecnologia na transição para operações digitais.

3. Construindo um time multidisciplinar

O integrador precisa se reinventar, pois a transformação digital traz desafios para as empresas desse segmento e exige conhecimento de novas tecnologias como Internet das Coisas – IoT, sistemas analíticos de dados, Inteligência Artificial entre outros cenários e tendências que estão sendo adotadas pelas organizações.

 4. Estratégia para jornada digital

Os serviços tradicionais de TI já não brilham os olhos, afinal com a migração de muitas aplicações para nuvem e novos modelos de negócios, que já nascem suportados por plataformas digitais, o integrador precisa ter além dos serviços convencionais, estratégias para conduzir também uma jornada digital.

*Artigo de opinião por Sylvio Luiz Herbst, formado em engenharia de telecomunicações e pós-graduado em marketing, co-fundador e diretor comercial e marketing há 16 anos está à frente do comando da 5F Soluções

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui