Tecnologia aliada das micro e pequenas empresas impulsiona maturidade digital

Recurso usado por grandes corporações está disponível para pequenos negócios. Frederico Stockchneider, diretor de tecnologia da InfoWorker. (Foto: Divulgação)

O cenário dos últimos anos levou a um grande movimento de digitalização e abertura de novos negócios. De acordo com dados do Governo Federal, em 2021 foram abertas 3.782.437 novas empresas. As micro e pequenas empresas são peças importantes para a recuperação econômica do país, responsáveis por cerca de 71% dos empregos gerados no Brasil, segundo levantamento do Sebrae, com base nos dados do Ministério da Economia. Considerando a importância das MPEs e a relevância da tecnologia para a saúde dos negócios, a Microsoft anunciou no final de 2021, o Teams Essentials, desenvolvido para companhias de pequeno porte.

O diretor de tecnologia da InfoWorker Tecnologia, Frederico Stockchneider, afirma que esse lançamento vem para impulsionar a digitalização que ainda é necessária nas MPEs. Essa demanda é confirmada por uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FVG) que indica que, quando se refere a micro e pequenas empresas, 66% dos negócios ainda estão nos primeiros estágios de implementação de tecnologia.

FIEC
ci-1
rpb-1

“Recursos que antes eram acessíveis principalmente para as grandes empresas, estão disponíveis para os empreendimentos menores com o Teams Essentials”, afirma. Ele conta que o programa apresenta uma solução completa tanto para empresas quanto para prestadores de serviço, oferecendo desde ferramentas de comunicação, colaboração e organização, assim como o Teams tradicional, com a vantagem de ser mais simples, intuitivo e muito mais barato. A expectativa de Stockchneider é que o recurso ajude a suprir um déficit para esse grupo empresarial.

A pesquisa, realizada em parceria com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), aponta que 18% das MPEs ainda estão no nível analógico, enquanto 48% são emergentes e apenas 34% estão mais anaçadas. O executivo acredita que um dos principais motivos para isso é que as MPEs não têm conhecimento das tecnologias disponíveis que se encaixem nos seus orçamentos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui