*Artigo escrito por Ruy Moura, do Portal Fusões e Aquisições

Em 2021 algumas empresas de vários segmentos e de diversos portes se destacaram por seu apetite em comprar outras companhias.

FIEC
ci-1
rpb-1

“Compradoras seriais” estão se multiplicando e a cada dia aumenta o número das que incorporam esta estratégia em suas atividades. Há casos de uma aquisição por mês, em média, ao longo do ano de 2021.

Segue lista de algumas das empresas que se sobressaíram por sua disposição na estratégia de crescimento inorgânico, em setores selecionados.

Troféu do Ano

O destaque entre as máquina de aquisições em 2021 ficou para a Magazine Luiza, do setor de Varejo.

Magazine Luiza – Magalu adquire plataforma de e-commerce de tecnologia e games por mais de R$ 3,8 bilhões. Acelerada por uma série de aquisições – apenas este ano, foram 11, após 11 compras em 2020.

Tecnologia da Informação

  • Locaweb – Com todas as 13 aquisições, todas têm apresentado uma excelente performance e acelerado o crescimento que tinham antes da nossa aquisição

  • Nuvini – Com seis aquisições em seis meses e outras cinco já na mira, companhia quer ser “o maior grupo de SaaS”

  • Um ano após IPO, Neogrid compra 5 startups para seu ecossistema de suprimentos

  • Selbetti especializada em outsourcing de impressão, anunciou a aquisição da H&Care. Esta é a vigésima primeira aquisição da empresa em um período de sete anos e a sexta em 2021.

  • A TC realizou 8 aquisições em 2021, sendo que 3 somente em novembro/21:

  • A Sinqia já promoveu desde 2005 aquisições de 22 companhias.

  • Hotmart – já foram feitos 18 aportes entre aquisições totais de empresas, investimentos menores e compras de startups.

Telecomunicações

  • Nova Fibra Telecom – compra um ISP por mês e nos últimos 12 meses comprou outros 12 ISPs.

  • Brasil Tecpar – em 4 anos, foram 30 operações de compra ou fusão

  • Allrede, fusão de 9 ISPS, avança para capital da Republica – A operadora é o resultado da aquisição de cinco provedores locais que atuavam dispersamente em Brasília

  • Unifique compra Guaíba Tecnologia. Foram 9 aquisições.

Saúde

  • Rede D’OR soma dez aquisições neste ano – A Rede D’Or já anunciou investimentos de R$ 2,8 bilhões em dez aquisições entre janeiro e novembro deste ano, o que equivale a praticamente uma nova transação por mês.

  • Grupo Oncoclínicas compra Itaigara Memorial Hospital Dia – Esta é a sexta aquisição do ano.

  • Hermes Pardini compra Moscogliato Serviço de Ultra-Som. Esta é quarta aquisição da Hermes Pardini em 2021

  • Dasa fecha compra do laboratório Boris Berenstein. Um dezena de aquisições no ano

  • Hapvida fecha quinta aquisição em 2021 e reforça presença em Minas Gerais

  • Intermédica Avalia aquisição de 10 ativos e retoma venda de plano para idosos – Nos primeiros nove meses deste ano, a operadora concluiu a aquisição de nove ativos, que demandaram investimentos de quase R$ 2 bilhões.

  • Kora Saúde compra Hospital São Francisco por R$ 330 milhões – Foram cinco aquisições neste ano

  • EspaçoLaser compra mais 12 lojas e soma 100 franquias adquiridas no ano Quase quatro meses depois de adquirir 18 lojas por R$ 110 milhões

Educação

  • Inspira compra Anglo Leonardo da Vinci. Considerando essa aquisição e outras 11 que a Inspira já assinou mas ainda não divulgou, o faturamento proforma deste ano deve chegar a R$ 610 milhões. Há ainda outras 26 escolas em processo de due diligence. A Inspira fez outros 15 M&As.

  • Afya compra 12 ativos por R$ 2,1 bi na pandemia – A pandemia abriu uma janela forte para o mercado de fusões e aquisições e a Afya, grupo educacional com foco em cursos de medicina, está aproveitando as oportunidades.

  • Ser Educacional compra Faculdade Educacional da Lapa. Foram 5 aquisicões.

Imobiliário

  • O QuintoAndar comprou o grupo Navent. A aquisição inclui as empresas (1) Zonaprop, na Argentina; (2) Imovelweb, (3) Wimoveis e (4) Union Softwares, no Brasil; (5) Plusvalia, no Equador; (6) Compreoalquile, no Panamá; (7) Adondevivir e (8) Urbania, no Peru; (9) Inmuebles24, no México; e (10) Tokko Broker Software, que opera em todos esses mercados. Trata-se da quinta aquisição do em 2021.

  • A Loft, de compra, reforma e venda de imóveis, somou US$ 525 milhões recebidos. Já efetuou quatro aquisições neste ano.

Instituição Financeira

  • Essa é a sétima aquisição do Modal em um ano e uma das mais transformacionais para o nosso modelo de negócio

Agronegócios

  • BTG – O banco lançou dois fundos de investimentos imobiliários voltados para o agro e fez 11 aquisições em três meses.

Logística e Transportes

  • Sequoia engata o sexto M&A desde o IPO e agora vai atender pequenos sellers

Meio Ambiente

  • Ambipar – Nos últimos dois meses, a empresa de gestão ambiental Ambipar fez 14 aquisições, uma média de uma a cada quatro dias. No ano foram 22.

Seguros

  • Alper – fez 57 M&As desde 2010; só nos últimos 12 meses (set/21) foram seis

Serviços – Segurança

  • GPS – compra mais duas empresas e soma cinco aquisições em 2021 – A Ágora prevê a aquisição de seis ou sete ativos pela GPS em 2022 e 2023,. Um pipeline de M&A (fusões e aquisições) de mais de 600 alvos em potencial”,

Alimentos

  • Camil compra mineira Café Bom Dia por R$ 62 milhões. Foram 5 aquisições em 2021

  • JBS compra grupo que atua na Inglaterra e na Irlanda por quase US$ 1 bilhão. Mais de 6 compras no ano.

Produtos Farmacêuticos

  • Viveo compra três empresas e ganha escala em reagentes. No ano foram 9 compras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui