Conheça Changpeng Zhao, o 11º mais rico do mundo

Esta é a primeira vez que a lista "Bloomberg Billionaires Index" faz uma estimativa da fortuna de Changpeng Zhao. Foto Divulgação (Istoé Dinheiro)

O mercado das criptomoedas ganhou grande evidência nos últimos anos e tem movimentado muito dinheiro, em todo o mundo. Isso tem feito com que muitas pessoas consigam a ascensão financeira.

Esse é o caso de Changpeng Zhao, CEO da corretora de criptomoedas Binance, que tem uma fortuna estimada em US$ 96 bilhões. Esse montante fez com que ele se tornasse o 11º homem mais rico do mundo.

FIEC
ci-1
rpb-1

O levantamento da fortuna de Zhao foi feito pela Bloomberg, e não considera suas posses de criptoativos, que incluem, segundo a publicação, bitcoin e BNB, a criptomoeda criada pela corretora e que valorizou 1.300% em 2021. Dessa forma, a fortuna do CEO da Binance pode ser ainda maior.

Esta é a primeira vez que a lista “Bloomberg Billionaires Index” faz uma estimativa da fortuna de Changpeng Zhao, e o resultado o colocada como o homem mais rico da Ásia, à frente de Mukesh Ambani, indiano do ramo de energia. No ranking global, Zhao fica pouco abaixo de nomes como Warren Buffett, oitavo colocado, com patrimônio estimado em US$ 116 bilhões.

O sino-canadense, entretanto, ainda está distante do topo da lista, que tem Elon Musk na liderança (US$ 263 bilhões), seguido por Jeff Bezos (188 bilhões), Bernard Arnault (171 bilhões), Bill Gates (135 bilhões) e Mark Zuckerberg (124 bilhões).

Changpeng Zhao criou a corretora em 2017. Nesses quase cinco anos de existência, a Binance cresceu consideravelmente, tornando-se a maior no setor de corretoras de criptomoedas em todo o mundo.

Em 2020, segundo a Bloomberg, a Binance gerou quase US$ 20 bilhões em receitas, quase o triplo do que especialistas de Wall Street esperam que apareça no balanço da Coinbase em relação à 2021.

Fonte: Exame

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui