O Presidente da FIEC compartilhou ainda o trabalho que vem sendo desenvolvido pela instituição.

O Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Ricardo Cavalcante, participou da abertura do evento de celebração dos 30 anos da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (RBMA). O evento também celebrou os 50 Anos Programa Homem e Biosfera (Mab) e da entrega do Prêmio Muriqui 2021.

O Evento, desenvolvido pelo Conselho Nacional da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica – CN-RBMA, teve como objetivo celebrar e fortalecer a preservação da biodiversidade brasileira, além de premiar pessoas e instituições que desenvolvem ações em prol do bem-estar do meio ambiente.

FIEC
ci-1
rpb-1
rpb-1

“Esse é um momento de celebrar os 30 anos do RBMA e 50 anos do MAB. Nada mais justo que, nesta data, prestigiar, também com o prêmio Muriqui 2021, pessoas e instituições que vem arduamente trabalhando pela promoção e preservação da Mata Atlântica, do nosso Meio Ambiente e da vida em nosso planeta”, declarou Ricardo Cavalcante.

O Presidente da FIEC compartilhou ainda o trabalho que vem sendo desenvolvido pela instituição, em parceria, no Ceará, em buscas da sustentabilidade e da preservação do meio ambiente, como o Hub do Hidrogênio Verde, o primeiro Atlas Marinho estadual, junto a SEMA, e a instalação do Núcleo de ESG.

Já o Presidente do Conselho Nacional da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (CNRBMA), Clayton Lino, celebrou as datas comemorativas e reforçou a importância de aliados para a preservação ambiental brasileiro, lembrando que a CNRBMA é “uma rede de gente compromissada com o conhecimento, a preservação e o desenvolvimento sustentável”, disse.

O Secretário de Estado do Meio Ambiente do Ceará, Artur Bruno, que recebeu uma das premiações, agradeceu o prêmio, além do “apoio integral da FIEC para a realização do belo encontro.

Também participaram do evento Glauco Kimura, representante da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO); a Secretária Executiva do Programa MAB UNESCO, Noeline Raondry; o Presidente da Global Wildlife Conservation, Russel Mittermeier; Além de diversos outros convidados. Da FIEC, o Diretor Financeiro, Edgar Gadelha; e o Superintendente de Relações Institucionais, Sérgio Lopes.

A Reserva da Biosfera Mata Atlântica é a primeira unidade da Rede Mundial de Reservas da Biosfera declarada no Brasil. É a maior Reserva da Biosfera do planeta, com área de 89.687.000 hectares, reconhecida pela UNESCO, nos 17 estados brasileiros de ocorrência natural do Bioma Mata Atlântica.

Já o Program Homem e Biosfera é um programa de cooperação científica internacional sobre as interações entre o homem e seu meio, buscando o entendimento dos mecanismos dessa convivência em todas as situações bioclimáticas e geográficas da biosfera, procurando compreender as repercussões das ações humanas sobre os ecossistemas mais representativos do planeta.

Prêmio Muriqui

Dividido em cinco categorias, a premiação é uma das mais importantes homenagens às ações ambientais no país. Ela reconhece o trabalho de pessoas físicas ou entidades públicas e privadas, nacionais ou estrangeiras, que contribuem para a conservação da biodiversidade, o fomento e divulgação dos conhecimentos tradicionais e científicos e a promoção do desenvolvimento sustentável na área da Mata Atlântica.

Nesta edição, foram agraciados na premiação Pessoa física, Ricardo Cardim; Pessoa jurídica, Parque das Neblinas/ Instituto EcoFuturo; Pessoa física especial, Mauricio Ruiz; Pessoa Jurídica especial, SEMA – Ceará; e Prêmio especial In Memorian, Afrânio Menezes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui