Maersk emite primeiro título verde para financiar navios movidos a metanol

Navios movidos a metanol
Este título verde de 10 anos, no valor de 500 milhões de euros, está sob o guarda-chuva do Green Finance Framework. Foto: Tom Fisk/Pexels

O grupo A.P. Moller – Maersk lançou o Green Finance Framework (Estrutura de Financiamento Verde, em tradução livre), que permite a emissão de uma variedade de instrumentos de financiamento sustentável que podem incluir títulos, empréstimos, projetos, entre outros.

A estrutura do financiamento verde da Maersk será acompanha pela Cicero Shades of Green, organização nomeada para verificar o alinhamento da iniciativa com os princípios de obrigações do ICMA (Associação Internacional de Mercado de Capitais, em português) e com os princípios de empréstimos sustentáveis. Com base na avaliação global dos ativos verdes elegíveis, a estrutura recebeu uma pontuação de governança excelente.

FIEC
ci-1
rpb-1
rpb-1

“A emissão de títulos verdes é mais um passo para integrar a sustentabilidade nas nossas operações de financiamento, uma vez que é um instrumento eficaz para canalizar investimentos para projetos com impacto ambiental positivo, e assim contribuir para a realização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU e do acordo de Paris. Com este título verde, pretendemos diversificar a nossa base, alcançando novos investidores e aumentando a transparência das nossas ambições e desempenho em relação às nossas partes interessadas”, afirma o CFO da A.P. Moller-Maersk, Patrick Jany.

Sob esta perspectiva, a Maersk pretende alinhar a sua estratégia de financiamento com o seu objetivo de se tornar neutra em carbono até 2050.

O grupo colocou seu título verde inicial de 10 anos, no valor de 500 milhões de euros, para financiar a construção do seu primeiro navio de uma inovadora série de 8 navios porta-contêineres que conseguirão operar com metanol neutro em carbono até 2024. A transação recebeu uma forte aceitação dos investidores, excedendo o valor da ação com uma carteira final de 3,7 bilhões de euros.

A transação teve um cupom de 0,75%, o mais baixo de todos os tempos para a Maersk.

Companhia

A.P. Moller – Maersk é uma empresa de logística de contêineres integrada que trabalha para conectar e simplificar as cadeias de abastecimento de seus clientes. Como líder global em serviços de transporte marítimo, a empresa opera em 130 países e emprega aproximadamente 80 mil pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui