Feira direcionada para o empreendedorismo multicriativo retorna em dezembro

A proposta de ser um Coletivo Afetivo diferencia o Estúdio que trabalha com produtos exclusivos em artes únicas. Foto de Jess Bailey Designs no Pexels

Com o avanço da vacinação no país, o Estúdio Carlota – Coletivo Afetivo prepara o retorno da sua feira de economia criativa Na Calçada. O evento, que foi realizado pela última vez em formato virtual, tem retorno programado para o dia 03 de dezembro.

Idealizado pela empreendedora multicriativa, Carla Nogueira, o estúdio atua como curador de novas marcas e abraça os artistas potiguares. A proposta de ser um Coletivo Afetivo diferencia o Estúdio que trabalha com produtos exclusivos em artes únicas.

FIEC
ci-1
rpb-1
rpb-1

A partir da parceria, os agentes criativos conseguem uma plataforma de divulgação e prospecção do negócio, e o Estúdio Carlota consegue custear a manutenção do espaço através das vendas dos produtos e do percentual recebido sob a venda dos produtos.

O evento Na Calçada foi realizado pela primeira vez em outubro de 2019, e teria sua quinta edição em março do ano passado, no entanto, com o início da pandemia a feira em formato presencial foi cancelada e uma edição virtual foi realizada em dezembro. Na Calçada tem como objetivo promover uma integração do Estúdio Carlota com a comunidade.

“O retorno da feira Na Calçada tem sido solicitado há muitos meses pelos artesãos que precisam das feiras para garantir sua renda. Agora, com o avanço da vacinação, finalmente nos sentimos seguros para realizar uma nova edição em formato presencial. Vacinados e mais criativos do que nunca, voltaremos a movimentar a nossa calçada com arte e afeto, trazendo o melhor da economia criativa local com muita gastronomia, música, poesia, design, artesanato e muitos artistas”, declara Carla Nogueira.

Os interessados em participar devem preencher o formulário eletrônico, disponível nas redes sociais do Estúdio Carlota. As inscrições podem ser feitas até 15 de novembro.

O Estúdio Carlota veste as principais bandas musicais da cidade e abraça projetos culturais dentro do centro histórico de Natal, como o sarau Insurgências Poéticas, que atua em Natal há quatro anos e já realizou mais de 300 edições.

Ele promovendo encontros artísticos, atividades educativas em escolas, homenagens a artistas potiguares, além de apresentações em espaços alternativos, chegando a representar o RN e no Centro Cultural Banco do Nordeste, no Ceará.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui