Com economia insegura no Brasil, investidores dolarizam o patrimônio com imóveis em Orlando (FL)

investidores dolarizam o patrimônio com imóveis em Orlando
Foto: David McBee/Pexels

Investir em imóveis nos Estados Unidos é uma das maneiras mais seguras de aplicação. Segundo pesquisa do Instituto Galup, 35% dos americanos acreditam que esse setor é o mais rentável a longo prazo. Mesmo com a pandemia, de acordo com o Banco Central, só no primeiro semestre de 2021 as remessas do exterior somaram US$1,89 bilhão, o equivalente a R$ 10,16 bilhões.

A associação Orlando Regional Realtors registrou alta de 13% nas vendas de imóveis na região em agosto de 2021 comparado ao mesmo período de 2020. De acordo com o “The Grove Resort & Water Park”, no ano de 2020, a venda de casas em Orlando para brasileiros cresceu 38%, dando se em razão por aqueles que buscam investir em casas de férias para dolarizar o patrimônio.

FIEC
ci-1
rpb-1
rpb-1

Para que o investimento seja assertivo e seguro, os compradores brasileiros têm buscado gestores referência neste tipo de negociação, como a Fraga Company, hub de negócios imobiliários fundado por Alexandre Fraga, em Orlando, Flórida. “Dolarizar o patrimônio sem burocracia, com retorno garantido e baseado em resultados reais dos clientes é hoje uma das formas mais procuradas de ganhar dinheiro pelos brasileiros e deve crescer ainda mais pós pandemia”, explica Fraga.

Alexandre Fraga auxiliou em transações de investimentos em mais de US$ 15 milhões em 2020. Brasileiros representam 60% dessa parcela de investidores, que podem, inclusive, financiar o imóvel. Para ele, uma das formas mais populares de gerar renda passiva imobiliária é por meio do aluguel de imóveis, as “vacation homes”. “90% dos milionários nos últimos dois séculos se tornaram ricos através de investimentos imobiliários, sendo um dos bens mais fáceis de se alavancar”, ressalta.

Abertura das fronteiras e mais turistas do mundo na Disney

Com a suspensão das restrições de entrada para turistas brasileiros e outras nacionalidades vacinados, Alexandre acredita em uma ótima retomada turística e fomento na busca por casas de férias. Segundo a Associação Brasileira das Empresas Aéreas, é previsto que até o fim deste ano sejam retomadas de 80% a 85% de voos internacionais que tínhamos em um cenário pré-pandemia.

Segundo Fraga, o lucro do setor imobiliário nos Estados Unidos atualmente pode chegar a 6% no primeiro ano. Com a reabertura das fronteiras para turistas do mundo inteiro, esse número pode dobrar, chegando a 12%. “Isso é muito maior que a taxa de juros brasileira em qualquer investimento. Você compra o imóvel e, em 30 anos, ele pode ser quitado. Mas, para isso, é importante que ele seja valorizado em localização, mas também em decoração, por exemplo. Além disso, é essencial a gestão do imóvel, que a torne uma casa de férias desejada pelos turistas em plataformas exclusivas e online, que só consultorias com forte atuação, mailing confiável dicas importantes e conhecimento local é capaz de fazer”, revela Fraga, que atua no mercado imobiliário americano há sete anos e já rentabilizou mais de 120 imóveis, tendo seus principais investidores do estado de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

O propósito da Fraga Company é ser o suporte do processo de investimento em imóveis nos Estados Unidos, com orientação em todas as fases – da compra à rentabilização em dólar, o que não é comum em empresas americanas, principalmente com investidores estrangeiros. Com consultoria especializada, a Fraga Company controla e lidera uma rede de empresas consolidadas no segmento imobiliário, seja na venda, financiamento, administração de propriedades ou projeto arquitetônico. “Todas as empresas atingiram a marca de US$ 1 milhão em vendas relacionadas ao setor imobiliário até o segundo ano de operação”, reforça Emily Porto, sócia diretora da companhia.

O hub conta com quatro empresas especializadas: a Fraga Realty – para a busca dos imóveis, a Concept Design – para interior design e a Nord Holidays – para gestão e a dolarização do patrimônio. Cada empresa da holding possui estrutura própria e independente.

Segundo Fraga, é importante contar com uma empresa que faça todo o processo e que o investidor não precisa morar nos Estados Unidos para ganhar em dólar. “Nosso suporte é completo: da venda à rentabilização do imóvel, em um único hub. Nossa metodologia inclui pesquisa científica, inteligência artificial, marketing digital e métodos estatísticos que tem assertividade de 95% nos investimentos”, explica.

Fonte: Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui