Aposentadoria: Argentina vai contar como tempo de serviço dedicação de mães

Foto: Kristina Paukshtite/Pexels

O governo argentino irá reconhecer o trabalho e a dedicação das mães com seus filhos, contando como tempo de serviço na hora em que a mulher for pedir aposentadoria.

E esse reconhecimento aumenta para mães que adotarem e que cuidarem de filhos com alguma deficiência.

FIEC
ci-1
rpb-1
rpb-1

A medida vai beneficiar de forma imediata quase 155 mil mulheres mães com idades entre 60 e 64 anos que já estão na faixa etária para se aposentar, mas que não têm os 30 anos de contribuição exigidos por lei.

A medida entra em vigor no próximo mês de agosto, quando todas as mães argentinas vão poder contar com o benefício.

Critérios

E tempo de contribuição terá acréscimo de acordo com os seguintes critérios:

  • Será incluído um ano de contribuição para cada filho
  • Serão incluídos dois anos de contribuição para cada filho adotado
  • Serão incluídos três anos de contribuição para cada filho com deficiência

Além disso, as mães que recebem algum tipo de benefício de assistência social, como o equivalente ao Bolsa Família, poderão acrescentar mais 2 anos por filho.

A ideia argentina é uma forma de recompensar mães que muitas vezes interromperam a trajetória da carreira para cuidar das suas crianças.

Com informações do G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui