Deputados podem votar reforma tributária antes do recesso

REFORMA TRIBUTARIA CAMARA
Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Após reunião com líderes partidários, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse hoje que os projetos da reforma tributária que tramitam na Casa podem ser votados nos próximos 15 dias, antes do recesso, conforme publicado pelo Antagonista.

Segundo o parlamentar, para que isso aconteça, é preciso que ocorra “uma arrumação” dos textos enviados pelo governo com os partidos e setores interessados.

FIEC
Ouvidor Online
ci-1
rpb-1

“Os PLs têm muita chance de, se tiver uma arrumação, quando eles equilibrarem, poderem ser votados com um dia. É maioria simples, é fácil de conseguir esse quórum. Mas não adianta, pela simplicidade do quórum, votar um projeto que não traga melhoras e uma arrumação para o sistema tributário”, disse o presidente.

Destaques

Dentre os pontos, os parlamentares debatem o projeto que unifica o PIS e o Cofins na Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços e outro que altera as regras do Imposto de Renda de pessoas físicas e jurídicas e tributa lucros e dividendos, este recaindo, principalmente, sob aos micro e pequenos empresários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui