Imposto: Grupo de países fecha acordo para taxar grandes empresas em 15%

Grupo de países fecha acordo para taxar grandes empresas em 15%
A reunião foi encerrada com a diretriz de cobrança do imposto sobre as empresas em virtude da nova era global digital. Foto: Divulgação

Os ministros da economia dos países do G7 anunciaram neste sábado (5) que concordam em fixar uma taxa global mínima de 15% para grandes empresas em seus países. Alguns dos membros queriam que o percentual chegasse até 21%.

O ministro britânico, Rishi Sunak, que comandou o encontro, traduziu acordo como “histórico”.

FIEC
Ouvidor Online
rpb-1
pw-1
FIEC
ci-1
rpb-1
rpb-1

“Os ministros das finanças do G7, após anos de discussões, chegaram a um acordo histórico para reformar o sistema tributário global para torná-lo adequado para a era digital global e, crucialmente, para garantir que seja justo para que as empresas certas paguem os impostos certos nos lugares certos”, disse Sunak em post na sua conta no Twitter.

No comunicado divulgado não foi citado qualquer acordo específico sobre as bigtechs, como: Facebook, Amazon, Netflix Apple e outras.

Países

O Grupo dos Sete (G7) é composto pelos países mais industrializados do mundo, como: Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido, embora a União Europeia também esteja representada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui