Com os recursos da rodada mais recente, a pretensão é acelerar a expansão internacional, na Colômbia e no México.
A China foi o principal importador de soja brasileira em abril deste ano.

O Nubank iniciou preparativos para o IPO (sigla em inglês para oferta pública inicial) nos Estados Unidos, que pode ocorrer ainda neste ano. A expectativa é que a estreia ocorra na Nasdaq. O banco digital já começou a trabalhar com assessores em Nova York para dar prosseguimento à oferta.

A abertura de capital tem o potencial de ser uma das maiores ofertas de uma companhia sul-americana nos últimos anos. A startup foi avaliada em 25 bilhões de dólares (cerca de 140 bilhões de reais) na última rodada de captação ocorrida em janeiro deste ano, considerada uma rodada pré-IPO.

FIEC
ci-1
rpb-1
rpb-1

O banco digital conta com investimento de alguns dos maiores fundos globais de venture capital, como Sequoia, DST, Tencent, Tiger, Kaszek, Founders Fund, Dragoneer, TCV, Redpoint, Ribbit, GIC, Whale Rock, Invesco e QED. Ao longo de sete rodadas, já levantou mais de 1,2 bilhão de dólares.

A empresa terminou 2020 com prejuízo líquido de 230,2 milhões de reais, melhorando o resultado negativo de 312,7 milhões de reais de um ano antes.

Com os recursos da rodada mais recente, a pretensão é acelerar a expansão internacional, na Colômbia e no México.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui