O programa conta com a parceria da Distrito e será permanente: só em 2021, a meta da varejista é se conectar com mais de 100 startups. 
O programa conta com a parceria da Distrito e será permanente: só em 2021, a meta da varejista é se conectar com mais de 100 startups. 

Depois de virar sócia da empresa de inovação Distrito no ano passado, a Via Varejo, dona da Casas Bahia e do Ponto Frio, está colocando em prática o projeto de se conectar com startups. A varejista lançou o programa de inovação aberta Via Next, que buscará empresas de tecnologia para ajudar a turbinar o seu negócio.

O programa conta com a parceria da Distrito e será permanente: só em 2021, a meta da varejista é se conectar com mais de 100 startups.

Slider

A conexão com as startups se dará por meio de contratação dos serviços, podendo chegar a investimento ou aquisição — desde o começo do ano, com a ajuda da Distrito, a Via Varejo já começou o estágio de contratação de cerca de 20 startups. Em 2020, a varejista já havia dado início à relação com startups adquirindo as empresas AsapLog, do ramo de entregas, o serviço de conta digital BanQi e a startup de comércio eletrônico I9XP.

Além do varejo

Neste primeiro momento, a Via Varejo busca soluções principalmente nas áreas de e-commerce, experiência em loja, logística e serviços financeiros.

É uma clara aposta no modelo de “superapp” — popular na China, o formato define aplicativos que oferecem uma ampla gama de serviços em diferentes segmentos. No Brasil, nomes como o Rappi miram o modelo.

Mais importante: as iniciativas tentam posicionar a Via Varejo na corrida tecnológica do varejo, que é cada vez mais disputada no Brasil tanto por rivais locais, como o Magazine Luiza, quanto por gigantes globais da tecnologia, como Amazon e Alibaba.

Só a rival nacional realizou 11 aquisições estratégicas em 2020. Foram compradas pela Magalu, entre outras, a Estante Virtual, de venda de livros novos e usados, a startup de delivery de alimentos AiQFome, a Hubsales, que conecta fabricantes ao consumidor final, a Stoq, de tecnologia para PDV, a plataforma de mídia da Inloco, o site de conteúdo de tecnologia Canaltech, a escola de marketing Digital ComSchool e a fintech Hub.

Fonte: Terra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui