Tecnologia conta com app customizado, ferramenta que simplifica e otimiza a criação de tabloides e um sistema de gestão e comercialização de espaço para conteúdo em TVs e pontos estáticos, que gera receita com mídia aos lojistas
Tecnologia conta com app customizado, ferramenta que simplifica e otimiza a criação de tabloides e um sistema de gestão e comercialização de espaço para conteúdo em TVs e pontos estáticos, que gera receita com mídia aos lojistas

O mercado varejista é altamente competitivo e fidelizar o cliente tem sido uma tarefa cada vez mais difícil para as empresas do setor. A Tegra, empresa brasileira que desenvolve software, criou a plataforma Meu Cliente para ajudar o varejista a gerar valor para o seu negócio, fortalecendo o relacionamento com o consumidor e parceiros.

O objetivo é ajudar pequenos supermercados e redes de lojas (atacadistas e hortifrútis) a tornar seus consumidores em clientes fiéis com o uso de tecnologia. “Queremos elevar a cultura do relacionamento. Com a plataforma Meu Cliente, o varejista ganha um aliado para transformar o consumidor em um fã”, afirma resume o diretor da Tegra, Willian Polis.

Slider

A solução pode ser utilizada por qualquer varejista, mas, neste momento inicial da oferta, o foco da Tegra é o pequeno supermercado e redes de lojas (atacadistas e hortifrútis) que possuem um faturamento anual médio entre R$ 50 a 200 milhões.

A Tegra já havia desenvolvido um aplicativo de relacionamento com desconto e ofertas para uma grande rede de supermercados no Brasil. O app teve mais de 8 milhões de downloads e foi considerado um sucesso. A partir daí, a empresa resolveu criar uma plataforma completa para  os varejistas de pequeno e médio portes.

No mercado desde 2013, a empresa  tem em seu portfólio de clientes atendidos companhias como Carrefour, Assaí Atacadista, Friboi e Giga Atacado. Até o final deste ano, a meta da Tegra com a plataforma Meu Cliente é conquistar 50 clientes e faturar R$ 8 milhões.

A plataforma Meu Cliente é composta por três módulos:

  • Um aplicativo customizado para clientes, com identidade visual da marca;
  • Um sistema para gestão, comercialização (trade) e veiculação de conteúdo próprio e de parceiros/fornecedores para aparelhos de TVs nas lojas ou pontos estáticos;
  • Uma ferramenta eletrônica para automatizar a montagem de jornais de ofertas com workflow de aprovações.

Módulo Aplicativo – Com ele, o varejista pode oferecer experiências marcantes para seus clientes, humanizando o relacionamento. Pelo app, o lojista pode entender melhor quem é o seu cliente, seu momento de vida e do que ele mais gosta de consumir. Dessa forma, não há o risco de serem oferecidas pelo app, por exemplo, ofertas de fraldas para pessoas que não têm filhos ou que não costumam fazer esse tipo de compra”, aponta Polis.

O app também pode ser utilizado pelo varejista para oferecer experiências ao promover campanhas especiais aos clientes, como pré-vendas exclusivas e degustações de produtos, de acordo com o perfil de cada um. Outra característica do app é oferecer conteúdo de serviços. Se um cliente gosta de churrasco, por exemplo, é possível mostrar informação sobre cortes de carnes e suas peculiaridades, receitas, temperos e dicas para um bom churrasco”, cita o executivo.

Segundo Polis, a ideia é oferecer conteúdo ao gosto do cliente, mas que remeta à parte emocional para conectá-lo ao varejista. O Meu Cliente vai muito além de um app de ofertas, cupom ou desconto promocional”, enfatiza o executivo.

Além de acessar ofertas, descontos especiais e conteúdo relevante, os clientes também podem criar suas listas de compras e compartilhá-las com outras pessoas usando o app.

Módulo Play – Permite que os varejistas veiculem e negociem a exibição de conteúdo de marcas e fabricantes em aparelhos televisores e pontos estáticos distribuídos nas suas lojas. Para Polis, esta é uma forma de as marcas criarem e exibirem suas campanhas de vendas e lançamentos de produtos diretamente nos pontos de venda. A exibição do conteúdo pode ser facilmente gerenciada por um aplicativo. Essa é mais uma forma de gerar receita para o varejista, além de ser uma oportunidade para as marcas estarem presentes no momento de compra”, explica.

Módulo Tabloide Automático – Simplifica o trabalho e otimiza o tempo dos times de marketing dos compradores de cada categoria do varejo. Todo o processo de comunicação entre as equipes do varejista com parceiros e fornecedores é automatizada. A produção e diagramação do material é feito por meio da ferramenta, acabando com as extensas trocas de e-mails.

O profissional de marketing consegue facilmente cadastrar produtos, incluir imagens, preços e escolher a seção do jornal onde quer veicular seus itens”, afirma Polis. O sistema faz a diagramação automaticamente, além de  auxiliar a gestão de aprovações antes do tabloide ser finalizado.

Esse módulo também pode ser utilizado pela indústria. Um exemplo é a Friboi, que oferece edições de tabloides de ofertas para os supermercados e pontos de venda em troca de uma página exclusiva de seus produtos em um espaço específico do jornal. Neste caso, fica a cargo do varejista apenas incluir na ferramenta os demais produtos que irão constar no jornal”, completa o executivo.

Fonte: assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui