Latam elimina check-in antes de voos e passageiro poderá despachar bagagem sozinho

Além do check-in automático, a Latam também vai aumentar os dispositivos para que os próprios clientes façam o despacho e a etiquetagem de suas bagagens em aeroportos no Brasil.
Além do check-in automático, a Latam também vai aumentar os dispositivos para que os próprios clientes façam o despacho e a etiquetagem de suas bagagens em aeroportos no Brasil.

A linha aérea Latam Brasil decidiu abolir o processo de check-in para os voos domésticos. Os clientes que compram passagens pelos sites e aplicativos da empresa  já recebem o cartão de embarque. É a primeira aérea no país a digitalizar o processo.

O passageiro agora também pode escolher se quer receber as informações sobre seu voo por whatsapp, e-mail ou SMS. A iniciativa pode reduzir ainda mais a quantidade de passageiros que utiliza os balcões de check-in nos aeroportos, já reduzida desde que as companhias aéreas começaram a cobrança pelo despacho de bagagens.

Além do check-in automático, a Latam também vai aumentar os dispositivos para que os próprios clientes façam o despacho e a etiquetagem de suas bagagens em aeroportos no Brasil. O self bag drop já é usado em outros mercados, como nos Estados Unidos.

FIEC
ci-1
rpb-1
A Latam já tem totens de autoatendimento para que o próprio passageiro etiquete e despache sua bagagem em quatro aeroportos do país: Guarulhos, Brasília, Galeão e Salvador. Mais sete aeródromos vão receber os equipamentos até o final do ano.

A Latam não deve fazer cortes em seu pessoal de solo, segundo o executivo. Os funcionários poderão ser deslocados para outras funções.

A empresa também anunciou que vai rever o sistema digital pelo qual o passageiro gerencia  créditos e reembolsos por passagens não utilizadas. Esse tipo de situação aumentou durante a pandemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui