Colosso deixará de descartar cerca de 1 tonelada de resíduos orgânicos por mês com parque próprio de compostagem

Colosso deixará de descartar cerca de 1 tonelada de resíduos orgânicos por mês com parque próprio de compostagem

Investindo cada vez mais para tornar-se 100% sustentável, o Colosso Fortaleza anuncia que abrirá seu parque próprio de compostagem. Serão 12 cilindros de compostagem em funcionamento no próprio Colosso que vai gerar cerca de 450 kg de adubo orgânico mensalmente. A previsão é que aproximadamente 1 tonelada de resíduo orgânico deixará de ser descartada em lixões e aterros sanitários todos os meses.

“Somos o primeiro estabelecimento do Norte e Nordeste a ter esse tipo de equipamento próprio e integrado à operação. Além do impacto ambiental positivo, ajudaremos diretamente inúmeras famílias de agricultores. Quase todo o adubo gerado será doado ou servirá para subsidiar a produção dos pequenos produtores. Produtores esses que serão fornecedores nossos de produtos orgânicos”, explica o diretor executivo do Colosso, Eduardoy Castelão.

As ações foram realizadas em parceria com a Verdear Eventos Mais Sustentáveis e com a YBY Soluções Sustentáveis.

O Colosso Fortaleza conta com uma série de ações de sustentabilidade iniciadas este ano. O complexo destina os produtos recicláveis (plástico, papel, vidro e metal) para cooperativas de reciclagem e faz a coleta de bitucas de cigarro que serão recicladas e transformadas em massa celulósica, ou seja, vão virar papel e artesanato para pequenos empreendedores.

“Quando o cliente for no Colosso, ele se torna peça fundamental para essa transformação do mundo. O cliente está se divertindo e comendo uma comida fantástica, tudo isso em uma empresa local que impacta várias vidas”, reforça Eduardo Castelão, diretor executivo do Colosso Fortaleza.

Para os próximos passos, o Colosso prevê a criação de uma horta própria em parceria com os pequenos agricultores para gerar produtos frescos que sejam utilizados na cozinha do Zoi Restaurante e do Colosso Fortaleza. “Até 2021, o empreendimento também estará com energia renovável para até lá implantarmos e mantermos nossas ações para sermos uma empresa 100% sustentável”, finaliza Eduardo Castelão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui