Comemorando 19 anos, Cartão de TODOS cresce durante a pandemia

Cartão de descontos expande atividades tornando-se alternativa de segurança em saúde, em época de elevação de demanda por atendimento médico.

Cartão de TODOS

Em meio à crise acentuada pela pandemia do Covid-19, o Cartão de TODOS, referência no mercado brasileiro de cartões de descontos, obteve um crescimento expressivo no número de famílias filiadas. No primeiro semestre de 2019, a empresa atendia cerca de 2,6 milhões de famílias. Em 2020, durante a pandemia, em números atualizados, as famílias atendidas chegam a 3,8 milhões, somando mais de 12 milhões de pessoas em todo o país. Somente no mês de agosto deste ano, foram realizadas quase 800 mil consultas pelo Cartão. A meta da empresa é fechar 2020 com 5 milhões de filiados. E a previsão é de que, até o final de 2021, o número de consultas chegue a 12 milhões.

Tales Vilar, vice-presidente global da empresa, analisa o momento atual: “O Cartão de TODOS tem apostado em novas táticas e vem se reinventado dia a dia para se superar durante a pandemia. Nossas expectativas eram altas, mas os resultados obtidos até o momento foram surpreendentes. Não apenas alcançamos novas filiações, como registramos recorde de retenção e refiliação. Acreditamos que essa ascensão é resultado, principalmente, do esforço de todas as unidades e franquias por todo o Brasil, bem como de nossas estratégias de vendas. Conseguimos alinhar os objetivos e valores da empresa à necessidade da população, neste momento de alta demanda por serviços médicos. Os números são mais um motivo para comemorar em nosso aniversário de 19 anos, celebrado no mês de setembro”.

Na contramão da crise

Diante do cenário difícil na área econômica, a atividade empresarial tem exigido tomadas rápidas de decisão. Nesse contexto, a a empresa repensou todas as suas estratégias de forma ágil e eficiente para manter seu crescimento. Adotando métodos de trabalho “home office” para equipes e criando diferentes campanhas, bateu recordes de vendas e tornou-se líder no mercado, no primeiro semestre ano.

Com baixo valor de taxa de emissão, de R$ 25, mensalidades de R$ 23,10 e consultas em rede credenciada a partir de R$ 20, o Cartão de TODOS tornou-se uma solução bastante favorável para o atendimento médico às famílias de renda média e baixa, especialmente das classes C e D. Aceito em mais de 10.000 estabelecimentos em todo o Brasil e contando com suas 260 clínicas parceiras, Amor Saúde, pelo País, o Cartão de TODOS passou a ser encarado também como uma alternativa para desafogar os atendimentos pelo SUS, neste momento.

Vale ressaltar que as iniciativas tomadas durante o período recente estão alinhadas com seu modelo de gestão fundamentado na Administração Solidária.  Dentro desse princípio, a empresa procurou aliar-se às necessidades sociais, colaborando para que muitas famílias tivessem acesso a um atendimento de qualidade, em um momento de grande vulnerabilidade. Além da expressiva expansão pelo Brasil, a empresa vem ganhando aos poucos o mercado internacional. Atualmente, a operação da companhia está presente também na Colômbia e já começa a pensar a sua presença no Chile.

Sobre o Cartão de TODOS

Comemorando 19 anos, Cartão de TODOS cresce durante a pandemia
Foto: Altair Vilar

O Cartão de TODOS é referência no mercado de cartões de descontos. Criado em 2001 por Altair Vilar, em Ipatinga, MG, a empresa oferece a intermediação de descontos entre os usuários do cartão e as empresas parceiras.

A adesão ao Cartão de TODOS dá direito a descontos nas mais de 260 clínicas parceiras, permitindo o acesso da população à saúde primária de qualidade, além de oferecer descontos em atividades que englobam serviços voltados à educação e ao lazer.

A empresa atende, hoje, o equivalente a 12 milhões de pessoas, e o Cartão de TODOS é aceito em mais de 10.000 estabelecimentos em todo o Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui