Trabalho híbrido será o futuro

Trabalho híbrido será o futuro

Em virtude do período da quarentena imposta pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), muitas empresas começaram a repensar a forma de trabalho e estruturas alinhadas aos resultados práticos e efetivos.

É pensando assim que Juliana Azevedo, presidente da Procter & Gamble, avalia que no futuro breve teremos um modelo de trabalho híbrido, com pessoas trabalhando em casa e nos escritórios alternadamente. Para ela, os escritórios deverão ser usados de outra forma: para reuniões em grupo, treinamento e processos de inovação.

LIVE Febraban

A executiva Juliana Azevedo, primeira presidente mulher da Procter & Gamble e considerada pela Forbes uma das executivas mais poderosas do mundo, foi entrevistada por João Borges e Mona Dorf, da Federação Brasileira de Banco – FEBRABAN, e tratou da importância da mudança nas organizações, sobre consumo, cuidados com a saúde e o foco da P&G.

Confira:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui