Chevron assume controle da Noble Energy por US$ 13 bilhões

As atividades da Chevron incluem extração e transporte de petróleo e gás natural, refinação de petróleo, produção e venda de produtos químicos e geração de energia.

Chevron assume controle da Noble Energy por US$ 13 bilhões
Foto: Divulgação

A Chevron conclui negociação para a compra da Noble Energy por US$ 13 bilhões. Após as crises geopolíticas e a pandemia pelo novo coronavírus que desencadearam a queda dos preços da commodity, é o primeiro grande negócio na indústria mundial do petróleo.

A operação incluiu integralmente as ações e todo o passivo.

A norte-americana Chevron é uma das grandes empresas mundiais do ramo energético, sendo uma das maiores empresas petrolíferas do mundo, integrando o chamado Big Oil, o lobby da energia, que desfruta de grande poder econômico e influência política, particularmente no seu país. De acordo com uma pesquisa de 2019, a Chevron, com emissões de 43,35 bilhões de toneladas de CO2 foi a empresa com as segundas emissões mais altas do mundo durante esse período desde 1965.

A sede brasileira da companhia está localizada no Rio de Janeiro. Em 2009, a Chevron vendeu para o Grupo Ultra todos seus postos de combustíveis. Assim, a partir de 2012, todos os postos de combustíveis da Texaco deixaram de existir no Brasil, tornando-se postos Ipiranga.

Operações Noble

Na América do Sul, a companhia mantém operações na Argentina e no Equador. Já na África, opera na Guiné Equatorial e na Eurásia – massa que forma em conjunto a Europa e a Ásia -, opera no mar Mediterrâneo, no mar do Norte e na China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui