Em recuperação judicial, Latam capta US$ 2,2 bilhões

Segundo a companhia, a decisão é “um movimento natural diante do prolongamento da pandemia do coronavírus”.

Em recuperação judicial, Latam capta US$ 2,2 bilhões

Após entrar com pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos, a companhia aérea Latam conseguiu captar um total de US$ 2,2 bilhões, informa o jornal O Globo.

Do montante, US$ 900 milhões vieram dos acionistas Qatar Airways e das famílias Cueto e Amaro. O restante foi obtido com o fundo Oaktree Capital Management. Pela legislação americana, novos investidores têm prioridade de recebimento em caso de falência. A empresa afirma que segue em negociações para uma linha de empréstimo do BNDES.

A companhia acumula dívidas de R$ 13 bilhões.

Dívidas

Na última quinta-feira (9), a Latam havia apresentado pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos valendo-se do chamado Chapter 11, legislação que regula a temática jurídica empresarial para estes casos no mercado americano.

Entre as justificativas apresentadas para tal medida estão a demora para o fechamento do financiamento com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a possibilidade de acesso a um empréstimo de US$ 2,4 bilhões que será concedido por acionistas da companhia e pela Oaktree Capital Management.

Para tentar se reestruturar financeiramente, o grupo Latam e suas afiliadas no Chile, no Peru, na Colômbia, no Equador e nos Estados Unidos já haviam pedido a proteção contra credores em Nova York ainda em 26 de maio, mas a unidade brasileira havia ficado de fora.

A Latam brasil, individualmente, é responsável por 12% das dividas do grupo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui