Suspenso novo serviço de pagamentos do WhatsApp no Brasil

A instituição quer avaliar os riscos da tecnologia com a nova funcionalidade disponibilizada

O Banco Central do Brasil decidiu na tarde desta terça-feira (23) tornar suspenso o funcionamento do serviço de pagamentos do WhatsApp.

Em nota publicada em seu site, a instituição determinou que as bandeiras Visa e Mastercard suspendam o início das atividades ou cessem-nas imediatamente para pagamentos e transferências.

Em nota publicada em seu portal, o órgão informou que pretende avaliar os riscos da nova tecnologia, que está sendo liberada aos poucos no Brasil. O país foi o primeiro escolhido pelo Facebook, empresa controladora do WhatsApp, para disponibilizar a versão Beta para testar a ferramenta.

“A motivação do BC para a decisão é preservar um adequado ambiente competitivo, que assegure o funcionamento de um sistema de pagamentos interoperável, rápido, seguro, transparente, aberto e barato”, informou o BC no texto divulgado.

“O eventual início ou continuidade das operações sem a prévia análise do [órgão] regulador poderia gerar danos irreparáveis ao SPB [Sistema de Pagamentos Brasileiro] notadamente no que se refere à competição, eficiência e privacidade de dados”, destacou o BC, que verificará se o novo recurso do WhatsApp cumpre as regras previstas na Lei 12.865, de 2013, que regula os meios de pagamento no país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui