Facebook compra site de GIFs animados Giphy por US$ 400 milhões

Facebook compra site de GIFs animados Giphy por US$ 400 milhões
Foto: Divulgação

A plataforma Giphy, que concentra um grande acervo de GIFs animados e permite a publicação deles em diversos serviços de mensagens e redes sociais, agora faz parte da holding do Facebook. A empresa de Mark Zuckerberg anunciou a aquisição da ferramenta nesta sexta-feira (15).

Negociação

É provável que a gigante já estivesse de olho no serviço há algum tempo e, agora, o Giphy fará parte da equipe do Instagram, mas a integração com os outros serviços da companhia, como o Facebook, Messenger e WhatsApp, entre outros, deve aumentar ainda mais.

Os valores da transação não foram confirmados pelas partes envolvidas, mas o mercado estima em US$ 400 milhões.

Futuro

No comunicado oficial, a empresa ainda garante que o kit de desenvolvimento e as ferramentas de integração em outras plataformas “não vão a lugar algum” e o ecossistema da ferramenta será expandido. Ainda será possível para a comunidade criar e publicar animações utilizando o serviço.

A compra da Giphy é a segunda que o Facebook em menos de um mês. No final de abril, a empresa comprou uma plataforma digital indiana, chamada Jio, por US$ 5,7 bilhões.

Empresa

O Giphy foi fundado por Alex Chung e Jace Cooke em fevereiro de 2013. A idéia para o negócio surgiu quando o casal estava tomando café da manhã, refletindo sobre a tendência crescente da comunicação puramente visual.

Quando Chung e Cooke lançaram o Giphy, o site funcionou apenas como um mecanismo de busca de GIFs. De acordo com Chung, Giphy atraiu cerca de um milhão de usuários durante sua primeira semana e o número chegou a 300 milhões.

Giphy apresenta o que seus fundadores chamavam de “pesquisa conversacional”, em que o conteúdo é trazido para as conversas dos usuários por meio de uma caixa de pesquisa encontrada em seus aplicativos de mensagens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui