A ordem política do país, que permanece praticamente inalterada desde o início dos anos 90, foi lançada na incerteza na quarta-feira (15) , depois que o presidente Vladimir Putin propôs mudanças constitucionais que poderiam estender seu poder por tempo indeterminado.
 
Como resultado, o primeiro-ministro Dmitri Medvedev, renunciou, juntamente com o resto do governo.
 
Força do Poder
 
Putin está no poder há 20 anos, mais do que qualquer líder russo desde Stalin. A Constituição limita um presidente a dois mandatos consecutivos, o que significa que Putin, de 67 anos, teria que deixar o cargo em 2024. Mas ele deixou sugestões sobre como manter o controle do poder além disso.
 
Novo Ministro
 
O novo primeiro ministro será Mikhail Mishustin, um tecnocrata praticamente desconhecido.
 
Não está claro se as demissões sinalizam uma fenda na elite política da Rússia ou um plano coordenado para reformular o sistema. Mas, o que está mais do que claro é o desejo do Putin em se perpetuar no poder e concretizar ser projeto de fechar o país para o resto do mundo.
 
Internet
 
No final de 2019, o governo Russo testou sua própria internet desconectando os internautas da rede mundial. Com isso, o governo pretende proibir o uso de plataformas de comunicação, como o WhatsApp e o Facebook, e criar um próprio sistema operacional para computadores e smartphones.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui