Como parte de seu plano de produzir 63 aeronaves da Família A320 por mês em 2021, a Airbus expandirá sua presença industrial nos EUA aumentando a taxa de produção de aeronaves em sua Unidade de Manufatura Móvel no país.

Esse aumento e o recrutamento das novas equipes de fabricação do A220 resultarão em mais 275 empregos adicionados nas instalações do Alabama.

A empresa também investirá outros US$ 40 milhões através da construção de um hangar de suporte adicional no local, elevando seu investimento total a mais de US$ 1 bilhão na cidade da Costa do Golfo.

Refletindo sobre o crescimento e o investimento contínuo nos EUA, o presidente e CEO da Airbus Americas, C. Jeffrey Knittel, disse: “A Airbus fabrica nos EUA há muitos anos através de nossos produtos de helicópteros, aeronaves e satélites. Esse aumento na produção de aeronaves comerciais em Mobile é uma expansão empolgante de nosso significativo investimento industrial nos EUA e continua a contribuição positiva da Airbus para a indústria aeroespacial americana. ”

Knittel continuou: “Investimos mais de US$ 1 bilhão em Mobile por causa da excelente equipe de funcionários de lá – e por causa do apoio e boas-vindas que continuamos a receber da comunidade da Costa do Golfo e dos líderes estaduais e do Congresso como o senador Richard Shelby, que esteve conosco desde o começo. Estamos ansiosos para construir esse forte relacionamento com nossos vizinhos. Isso vai além dos empregos, incluindo o apoio a iniciativas educacionais e o desenvolvimento futuro da força de trabalho que impactará positivamente a comunidade nas próximas décadas ao longo da Costa do Golfo”.

Além de suas operações em Mobile, a Airbus tem presença extensiva nos EUA, empregando aproximadamente 4.000 pessoas em 38 locais em 16 estados.

Entre suas outras instalações nos EUA, a Airbus possui: um centro de engenharia no Kansas; instalações de treinamento na Flórida e Colorado; suporte de materiais e sede na Virgínia; um think tank inovador (A3) na Califórnia; um negócio de análise de dados de drones na Geórgia; instalações de fabricação e montagem de helicópteros no Texas e Mississippi; e uma instalação de fabricação de satélites (OneWeb Satellites) na Flórida. Além disso, apenas nos últimos três anos, a Airbus gastou quase US$ 50 bilhões nos EUA com mais de 450 fornecedores americanos, apoiando mais de 275.000 empregos americanos.

O anuncio ocorreu na última quinta-feira (9).

(Aero Tech News)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui