O Goldman Sachs aprovou empréstimo ao Mercado Crédito, no que será o terceiro do banco a uma fintech latino-americana este ano e o maior de todos os tempos no México.

O tomador, uma subsidiária do Mercado Livre, planeja usar o dinheiro para triplicar em cerca de um ano seu portfólio de US$ 100 milhões em capital de giro fornecido a pequenas e médias empresas no México, disse Martin de los Santos, vice-presidente sênior, em um entrevista por telefone.

O objetivo é “democratizar os serviços financeiros”, emprestando a empresas que não têm outro acesso a financiamento, disse ele.

O Mercado Livre domina o comércio eletrônico latino-americano, com quase 25% de participação no mercado e 40 milhões visitantes mensais únicos, disse Julie Chariell, analista sênior da Bloomberg Intelligence, em um relatório de novembro.

(Money Times)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui