BANCO CENTRAL DO BRASIL APROVA FUNCIONAMENTO DA XP

Foto: Reprodução/Internet


O Banco Central (BC) aprovou nesta sexta-feira (11) a autorização de funcionamento para o Banco XP. No fim de 2018, a autoridade havia concedido a criação do banco, porém a liberação para o funcionamento ainda dependia do cumprimento de outras exigências regulatórias, como a constituição da empresa, integralização do capital, implementação da estrutura operação e eleição de dirigentes. 

Após a conceção, o Banco xP poderá operar como banco multiplo, com carteiras comercial e de investimento de autorização para efetuar operações no mercado de câmbio. A sede fica localizada no Rio de Janeiro e o capital social é de R$100 milhões. 

De acordo com Banco Central, os controladores do Banco Xp são Guilherme Dias Fernandes Benchimol, Julio Capua Ramos da Silva, Carlos Alberto Ferreira Filho, Daniel Albernaz Lemos, Gabriel Glas Rocha Leal, Pedro Henrique Cristóforo da Silveira e Fabrício Cunha de Almeida.

O diretor e sócio da XP, Gabriel Leal, falou em um evento no mês de julho, que o banco já estava operando e que os produtos e serviços serão lançados aos poucos. O primeiro produto produto poderá ser um crédito paralelo, um tipo de emprestimo com garantia de um ativo financeiro.

A ideia é que os atuais clientes do BC sejam também novos investidores da XP. 

O banco XP planeja realizar uma oferta pública inicial das ações em uma bolsa americana, com possivelmente em dezembro. Analiticos explicam que a empresa é estimada em torno de R$60 bilhões de reais, com previsão de lucro para 2020 de R$2 bilhões de reais e um preço/lucro de 30 vezes multiplos. 

(Valor Globo)

Comentários