Nunca é demais destacar que a Quarta Revolução Industrial representa novos modelos de negócio, bem como novos direitos e responsabilidades dos líderes. Todos os dias surgem novas tecnologias e todos os dias aumenta a distância entre o progresso e a capacidade em se lidar com as consequências. 

Esta revolução está mudando a forma como vivemos, trabalhamos e nos relacionamos. Aliás, a maior mudança será nos sistemas sociais e econômicos que moldam as nossas vidas. 

Para o professor Klaus Schwab, fundador e chairman executive do Fórum Econômico Mundial,  nossos esforços devem se concentrar nos seres humanos, na sociedade e no meio ambiente, e não apenas no progresso tecnológico ou na produtividade. O papel dos líderes nas empresas tem assim uma grande responsabilidade, com a criação de condições para o desenvolvimento de tecnologia segura e socialmente próspera. O professor Klaus Schwab considera que a Quarta Revolução Industrial, e as mudanças sistêmicas resultantes, enfatizam mais do que nunca a necessidade crítica para o envolvimento e colaboração de líderes e liderados em torno de questões cada vez mais complexas. 

É preciso novas formas de trabalhar em conjunto, e de líderes que resolvam os problemas que emergem com maior rapidez uma vez que as empresas estão se movendo para um futuro tecnológico em que as oportunidades e os benefícios superam os riscos e as incógnitas. A liderança nestes tempos, exige uma mudança nos modelos mentais, uma alteração radical no envolvimento, e a capacidade de prever coletivamente o futuro que queremos criar. 

Para se manterem competitivas e destacadas no mercado, as empresas precisam estar à frente do seu tempo. Precisam INOVAR e inovação significa se beneficiar de uma cultura única que promova o relacionamento saudável entre as pessoas dentro da empresa. 

(CR Basso) 
Sistema RPBrasil de Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui