Na sessão da última terça-feira (15), as ações do PagSeguro caíram até 19% na Bolsa de Nova York (NYSE) após o seu acionista UOL propor uma nova oferta de ações da companhia.  

As ações vendidas pertencem ao UOL, controlador da empresa, e, de início, a PagSeguro pretende vender 16,75 milhões de ações classe A, que representam cerca de 5% do capital total da empresa. 

A queda também repercute entre as suas concorrentes no mercado de maquininhas. As ações da Stone, também negociadas em NY, caíram 3,64%, a US$ 33,72, enquanto os ativos da Cielo (CIEL3), negociados na B3, registraram uma das maiores baixas do Ibovespa, superior a 2%. 

Vale ressaltar que, recentemente, a PagSeguro divulgou balanço bem avaliados por analistas referente ao terceiro trimestre de 2019. O relatório aponta que os clientes ativos no PagBank cresceram para quase 2 milhões e os comerciantes ativos registram número superior a 5 milhões. Já o lucro líquido deverá ficar entre R$ 330 e R$ 340 milhões, implicando um aumento anual entre 43 e 47%. 


Sistema RPBrasil de Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui