A CHINA ESTÁ NOS ESPERANDO

https://drive.google.com/uc?export=view&id=1cmHHElEfRCTFdXLae0DeKz_Vvo8uBVks

A Guerra comercial travada entre EUA e China, tem causado preocupações com as perspectivas de crescimento. As taxas serão menores do que se esperavam, no entanto a orientação econômica da China, que atrela a continuidade de seu crescimento exponencial ao fortalecimento do mercado interno e elevação do consumo das famílias, abre um mundo de oportunidades para empresas e investidores brasileiros. Se antes a China era tida como a fábrica do mundo, um país de mão de obra barata que tirou mercados da indústria de muitos países e chegou ao topo das exportações globais de manufaturados, passa agora a ser vista como um mercado de 1,4 bilhão de habitantes que consome muito mais do que alimentos.

A China já responde por um terço do mercado mundial de artigos de luxo e a elevação de renda per capita está consolidando uma gigantesca classe média, ávida por consumir. Mas não é só aí que se encontram as oportunidades de negócios. Maior emissor de gases de efeito estufa, a China também precisa absorver tecnologia ambiental e formas de energia renovável e limpa, dentre inúmeras outras frentes de negócios que são abertas a cada dia, o que inclui o crescimento do investimento direto chinês em diversos países, inclusive o Brasil. O crescimento exponencial da China em décadas passadas provocou um deslocamento no eixo da economia mundial, deixando um saldo de vencedores e de perdedores.

Portanto, o Brasil poderá se inserir de forma mais arrojada, aproveitando as oportunidades de exportação de novos produtos, principalmente na área de alimentos e mesmo produtos industrializados para o consumidor final chinês.

Uma excelente oportunidade para iniciar este desafio, será participar na Feira CIIE – China International Import Exposition em Shanghai, no período de 5 a 10 de novembro 2019.

Temos que ter velocidade e orientação dos agentes promotores de exportação! Vamos em frente….

Henry Uliano Quaresma, CEO Brasil Business Partners, autor do livro O Fator China e o Novo Normal.

Sistema RPBrasil de Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui