“DOLEIRO DOS DOLEIROS” ABRIU CONTA EM BANCO PARAGUAIO SEM IDENTIFICAÇÃO

https://drive.google.com/uc?export=view&id=1e3GAQ0dOLpBSOQB4oqWbb6jrBp1PYyov


Dario Messer está preso e sendo acusado de liderar uma esquema de lavagem de cerca de R$ 6 bilhões no Brasil. É no Paraguai, entretanto, que o "doleiro dos doleiros" mantém bens avaliados em aproximadamente R$ 1,5 bilhão. É lá também que ele realizou inúmeras operações financeiras, as quais estão hoje sob investigação do MP (Ministério Público) local. Messer teve sua prisão decretada no Paraguai em maio de 2018.

Messer conseguiu abrir uma conta no BNF (Banco Nacional de Fomento) do Paraguai, instituição financeira estatal, mesmo sem cumprir os requisitos para isso. Na época, o doleiro não era cidadão paraguaio, não apresentou sua identidade e mesmo assim virou cliente do banco administrado pelo governo.

No BNF, contas do doleiro enviaram e receberam cerca de US$ 40 milhões (R$ 160 milhões). As transações envolveram uma empresa aberta nas Ilhas Virgens Britânicas, local que é considerado um paraíso fiscal.


(UOL)

Comentários