VALENDO R$ 10 BILHÕES APÓS NOVO INVESTIMENTO, STARTUP NUBANK QUER CONQUISTAR O MUNDO

https://drive.google.com/uc?export=view&id=17lazZmBCTPGVzKdPilryi64pPMLycTwJ

A startup brasileira @nubank, conhecida por seu cartão de crédito roxo, recebeu ontem investimentos de US$ 400 milhões. O aporte foi liderado pelo fundo americano TCV, que já colocou dinheiro em gigantes como Facebook, Netflix e Airbnb. 

Segundo apurou o 'Estado', a fintech passou a ser avaliada em cerca de US$ 10 bilhões. É a primeira vez que uma startup brasileira se aproxima dessa marca sem abrir seu capital. De quebra, a avaliação faz a empresa, criada em 2013 pelo colombiano David Vélez, valer mais de um quarto do Banco do Brasil, instituição financeira mais antiga do País. 

Ontem (26), o BB encerrou o pregão avaliado em R$ 143,3 bi (cerca de US$ 38 bilhões). Ao anunciar o aporte, o Nubank disse ainda que chegou à marca de 12 milhões de usuários em todo o País, divididos entre o cartão de crédito e a conta bancária NuConta. Com os recursos, o Nubank vai financiar sua expansão pela América Latina. 
O Nubank também fará contratações: a meta é chegar ao fim do ano com 2,5 mil pessoas, contra os atuais 1,7 mil funcionários. As novas vagas serão abertas nos quatro escritórios da startup - além da matriz em São Paulo e das filiais latinas, há um centro de engenharia em Berlim, aberto pelo Nubank em 2017. Com o novo aporte, o Nubank chegou à marca de US$ 820 milhões em investimentos, ao longo de sete rodadas. 

(PEGN)

Comentários