ÁRVORES CONTRA CO2


Um estudo publicado na revista "Science" conseguiu determinar pela primeira vez a quantidade de árvores necessárias para conter o avanço do aquecimento global. Seria preciso plantar 1,2 trilhão de mudas — quatro vezes mais do que as existentes na floresta amazônica — para reduzir o excesso de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera. "O reflorestamento é a solução mais poderosa se quisermos alcançar o limite de 1,5 grau", disse um dos autores do estudo, Thomas Crowther, à BBC, em referência à meta da ONU de limitar o avanço da temperatura média do planeta em 1,5 grau até 2050.

Comentários