O serviço brasileiro de assinatura de academias recebeu um aporte de US$ 300 milhões, em rodada liderada pelo grupo japonês Softbank, que recentemente injetou capital em outras startups latino-americanas, como Rappi e Loggi. Com o aporte, a Gympass se firma como um “unicórnio”, categoria que inclui startups avaliadas em pelo menos US$ 1 bilhão. 

Entre outros objetivos, os recursos serão alocados na expansão geográfica da companhia, que pretende chegar à Ásia em 2020. 

(LinkedIn)
Sistema RPBrasil de Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui