Os Fortalezenses estão dispostos a comemorar o Dia dos Namorados. É o que revela a pesquisa sobre o Potencial de Consumo do Fortalezense para o Dia dos Namorados, realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Ceará (IPDC) * da Fecomércio-CE. A data comemorativa, a quarta mais importante para o comércio local, vai movimentar R$ 145 milhões no comércio de Fortaleza com a compra de presentes. O valor está 2,0% abaixo do estimado, para a mesma época, no ano passado.
Dando prioridade aos artigos de vestuário, itens de perfumaria, sapatos e bolsas, relógios e joias, além de chocolates, 39,5% dos entrevistados afirmaram que irão às compras. Além do comércio, o Dia dos Namorados promete aquecer o setor de serviços, já que 44,2% dos consumidores pretendem comemorar, movimentando restaurantes, bares e cinemas.

Vestuário lidera preferência do consumidor
A preferência dos consumidores mostra-se concentrada em cinco produtos principais que, juntos, respondem por 84,4% da intenção de compra, com preponderância dos bens de uso pessoal.
São os artigos de vestuário: citados por 29,9% dos entrevistados, é a franca preferência dos compradores do sexo feminino (41,2%), do grupo com idade até 20 anos (39,6%) e com renda familiar inferior a três salários mínimos (31,7%);
Já os itens de perfumaria: com 21,6% de intenção de compra, tem entre os compradores em potencial os consumidores do sexo feminino (22,8%), do grupo com idade acima dos 36 anos (24,2%) e renda familiar entre três e seis salários mínimos (26,2%).

Calçados e bolsas: com 13,6% de intenção de compra, tem predomínio da demanda pelos consumidores do sexo feminino (18,4%), com idade acima dos 36 anos (15,0%) e do grupo com renda familiar entre três e seis salários mínimos (19,0%); enquanto os relógios e joias: com 10,4% da intenção de compra, terão demanda mais intensa dos consumidores do sexo masculino (12,8%), do estrato com idade até 20 anos (14,8%) e renda familiar entre três e seis salários mínimos (14,1%). Bombons, chocolates e trufas: com 8,9% de intenção de compra, são preferidos pelos consumidores do sexo masculino (14,9%), com idade até 20 anos (15,8%) e renda familiar entre três e seis salários mínimos (9,5%).

Gasto médio de R$ 227 reais
Neste ano 39,5% dos consumidores de Fortaleza afirmam que irão comprar presentes para o Dia dos Namorados, com gasto médio de R$ 227,00 movimentando R$ 145 milhões no varejo. Mas o impacto poderá ser ainda maior, já que 6,6% dos entrevistados ainda não se decidiram sobre a compra de produtos para presentear.

Os consumidores pretendem pagar suas compras preferencialmente à vista (63,2% das respostas) e com o cartão de crédito (36,3%). Consciente do seu poder de barganha, os compradores estarão em busca de promoções (49,7% dos entrevistados) e farão comparação de preços (37,2%).

Com cada vez menos tempo disponível, o consumidor irá privilegiar a comodidade em suas compras, preferindo o sábado (20,7%) e a sexta-feira (10,7%) como os dias mais prováveis para realizar a compra dos presentes. Os shopping centers foram os mais citados quanto ao local de procura dos presentes, com 60,3% das respostas.

Uma parcela relevante do consumo ocorrerá também nas comemorações, já que a pesquisa também revela que 44,2% dos consumidores pretendem comemorar o evento, sendo que 40,8% comemorarão em restaurantes e 35,1% o farão em suas próprias residências ou de parentes.
Cerca de 150 mil casais estarão em busca de mesas em bares e restaurantes, principalmente aqueles do grupo com renda familiar acima de seis salários mínimos (67,5%), prometendo ser um dia de intensa movimentação.

* O IPDC, instituição integrante do Sistema Fecomércio, é responsável pela elaboração de estudos e pesquisas, sobretudo de viés econômico, fornecendo dados referentes ao comportamento do consumidor. As informações do IPDC auxiliam nas ações de planejamento e desenvolvimento das empresas.
(Fecomercio CE)
Sistema RPBrasil de Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui