https://drive.google.com/uc?export=view&id=1Dc9OEs49AzbGOwmFjz2Np78UO-FIqvUX

Aparelhos de ultrassom são um dos itens mais importantes da medicina moderna: servem para identificar cânceres em estágio inicial ou descobrir o sexo de um bebê, por exemplo. No entanto, o maquinário continua sendo caro, o que o torna pouco acessível quando comparado à sua grande utilidade. 

Uma empresa americana está prestes a mudar isso. A Butterfly Network é criadora de um ultrassom portátil. A companhia, fundada pelo médico Jonathan Rothberg, quer transformar o aparelho em uma ferramenta pessoal, capaz de transmitir imagens de diagnóstico direto para o smartphone do usuário. 
https://drive.google.com/uc?export=view&id=1xd6_GY13d9tjczotjR8zrtXTTRLVucI7

A Butterfly iQ, como foi batizado o dispositivo desenvolvido por Jonathan Rothberg, se parece com uma máquina de barbear e custará aproximadamente R$ 7,7 mil. Em resumo, inovação em tamanho e no preço.

(PEGN)

Sistema RPBrasil de Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui