https://drive.google.com/uc?export=view&id=1bp7RU47oGmCJuRAxta5wFOt9HirShbjK
O ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot decidiu o valor que cobrará em um dos contratos da estreia de sua carreira como advogado: R$ 1,00.
O valor simbólico constará na documentação firmada entre ele os moradores de Macacos, distrito de região metropolitana de Belo Horizonte atingido pelo risco de rompimento de mais uma barragem da Vale.
Janot, que é mineiro, defenderá os interesses dos cidadãos contra a mineradora ao lado de seu sócio, o ex-procurador-geral de Justiça de São Paulo Márcio Elias Rosa. A prática é muito comum nos Estados Unidos quando advogados atuam pro bono, ou seja, sem cobrar.
Mas, será que também irá abdicar da sucumbência? Este é o princípio pelo qual a parte perdedora no processo é obrigada a arcar com os honorários do advogado da parte vencedora. 
(Bela Megale/OGlobo)
Sistema RPBrasil de Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui