https://drive.google.com/uc?export=view&id=1QS43Of0-rGI-4GpzQdXwUndcRlGUFFo0
Depois do resultado financeiro divulgado nesta terça, 30, a Apple voltou a ter valor de mercado acima de US$ 1 trilhão, marca atingida pela primeira vez em agosto do ano passado. Desde ser a primeira empresa americana na história a romper a barreira, a Apple passou por momentos tortuosos, incluindo a primeira revisão para baixo de receita em 16 anos no último mês de janeiro por conta da desaceleração na venda de iPhones. Pior: viu Amazon e Microsoft atingirem a marca de um trilhão e se revezarem no posto de empresa mais valiosa do mundo. A volta da Apple para o clube do trilhão aconteceu na manhã desta quarta, 1, quando as ações da empresa passaram a valer cada uma US$ 210,31. No trimestre encerrado em março, a Apple reportou receita de US$ 58,02 bilhões, acima da estimativa média de analistas de US$ 57,37 bilhões. A receita de serviços, que inclui os produtos Apple Music, App Store entre outros, alcançou a marca de US$ 11,45 bilhões. 
(Estadão)
Sistema RPBrasil de Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui