CASO FRANCELINO, VOCÊ LEMBRA DELE? JUSTIÇA DETERMINA INDENIZAÇÃO DE QUASE R$ 1 MILHÃO

https://drive.google.com/uc?export=view&id=1mZIWWtJnTPv-HP5oHtZf9lDvqnpsATaw
Conforme decisão da 4ª Vara da Justiça Federal de Brasília/DF, Francenildo dos Santos Costa, o caseiro que revelou encontros de Antonio Palocci com lobistas em 2006, em uma mansão alugada no Lago Sul, vai receber R$ 950 mil da Caixa Econômica Federal (CEF) por quebra ilegal de sigilo. 

RELEMBRE O CASO: Durante o escândalo, a Revista Época divulgou suposto extrato da conta bancária do caseiro Francenildo dos Santos Costa onde ele aparecia como beneficiário de R$ 38.860,00 e membros do governo disseram que o jovem havia sido pago para mentir. Mas, no mesmo dia a farsa foi desmontada por uma equipe da Polícia Federal. O jovem apresentou recibos bancários e explicou que não recebeu R$ 38.860,00, mas 3 parcelas no total de R$ 24.990,00, do seu suposto pai biológico, um empresário do Piauí, como parte de um acordo para não entrar com um processo de paternidade. O empresário e a mãe do caseiro confirmam a história e o fato da revista ter tido acesso ao extrato bancário e ter sido divulgado configurou grave crime contra a Constituição Federal. Logo, o caso teve rápida repercussão negativa e o Ministério da Fazenda e Caixa Econômica Federal foram suspeitos de ter tido participação na quebra do sigilo do caseiro e o ministro Antônio Palocci, o o presidente da CEF, Jorge Mattoso, pediram afastamento dos cargos devido às graves denuncias.
(Correio Brasiliense)
Sistema RPBrasil de Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui